Associado ao que há de melhor, associado a você! -

Determinação e cooperação

Idarlei e Ângelo encontraram na pitaya uma nova fonte de renda para a família

Moradora da comunidade de Sanga da Ripa, em Praia Grande, Idarlei Damiani e o esposo, Ângelo Paganini Damiani, enfrentaram muitas dificuldades no passado. Em 2010, a família chegou a planejar a venda do carro para auxiliar nas despesas com as lavouras de milho e arroz. Para complementar a renda familiar, Idarlei começou a fazer salgados para vender e alguns reparos como costureira, tudo com o objetivo de garantir uma renda extra.

Casal celebra qualidade dos frutos

A esperança de uma melhor qualidade de vida acompanhou a agricultora, que seguiu suas tarefas, sem deixar de lado o desejo de trabalhar com alguma cultura mais rentável. “Eu queria continuar na roça, trabalhando com a agricultura e gerando renda para a nossa família”, relembra. A grande mudança veio através de uma reportagem exibida na televisão e que se mostrou uma grande oportunidade de negócio. “Eu vi uma matéria sobre a pitaya e achei linda, me deu vontade de comer. Então eu comprei uma muda e plantei no quintal, mas não sabia a variedade ou como cuidar, mesmo assim nasceram três frutos”, conta. Com a degustação do fruto, o interesse em conhecer o cultivo da pitaya aumentou, e o empreendedorismo falou mais alto. “Minha irmã ficou sabendo que havia uma plantação na cidade vizinha, então fomos lá conhecer e com o dinheiro que ganhei com os salgados, comprei as primeiras 125 mudas”.

Plantação iniciou com 125 mudas

Com as plantas para serem germinadas, o casal iniciou a construção de palanques e, com muita força de vontade, realizou o primeiro cultivo. “Com o tempo, fomos aprendendo que são necessários palanques para a planta se desenvolver melhor e que existem diversas variedades, foi uma época de muita luta para tudo dar certo”. O casal também destaca o trabalho do grupo de Pitaya Sul, que reúne diversos produtores e oferece apoio técnico de entidades como a Epagri e o IFC, campus Santa Rosa do Sul.

Desde então, a agricultora cultiva mais de mil pés, com cerca de 50 variedades diferentes do fruto, somente no ano passado, foram comercializadas 14 toneladas. Questionada sobre o sucesso da plantação e os investimentos já realizados, Idarlei destaca que “o Sicoob foi um dos primeiros a apostar na ideia”. Atualmente, além da fruta in natura, são feitas geleias, sorvete, polpa e vinagre. “É importante sair na frente, estar atenta ao mercado e eu estou sempre inventando algo para agregar ainda mais na comercialização”, explica a produtora que chegou até a produzir vinho com a fruta. “Estou focada agora na produção de um creme de pitaya, assim como o açaí”, revela.

Com o plantio crescendo, a família também investiu na compra de itens para melhorar o processo de fabricação de produtos derivados da pitaya. “Com o apoio da cooperativa, nós compramos freezer, uma sorveteira compacta, liquidificador industrial e muitas outras coisas, sonhando em ampliar a produção”, conta Idarlei, que também está associada a outra cooperativa de produtores de pitaya, para quem repassa sua produção. “Nossa evolução está muito ligada à cooperativa, que reúne esforços para que todos cresçam juntos”, finaliza.

Compartilhe:

Cooperativas para a Ação Climática – este é o tema do Coops Day

Dia Internacional das Cooperativas 2020

O tema do Dia Internacional das Cooperativas 2020 é “Cooperativas para a Ação Climática”. O objetivo é propor à comunidade cooperativa global que faça pressão por ações que busquem soluções para as mudanças climáticas. Essa situação crítica está colocando em risco vidas e meios de subsistência, interrompendo ecossistemas vitais para as pessoas e o planeta. Desde o ano de 2016, os temas escolhidos fazem referência aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Este ano foi selecionado o objetivo 13: Ação Contra a Mudança Global do Clima.

O Dia Internacional das Cooperativas é comemorado anualmente no primeiro sábado de julho. O objetivo desta celebração é aumentar a conscientização sobre as cooperativas, destacar as metas e objetivos complementares das Nações Unidas e do movimento internacional de cooperativas, destacar as contribuições do movimento para a resolução dos principais problemas abordados pelas Nações Unidas e fortalecer e estender parcerias entre o movimento cooperativo internacional e outros atores.

Compartilhe:

COOPERAR É ESSENCIAL

Estamos todos atentos aos reflexos do coronavírus (Covid-19), principalmente nas questões mais urgentes como o apoio aos centros de saúde e hospitais. Mas também aos empresários, comerciantes e todos que dependem de produtos e serviços para uma melhor qualidade de vida.

Pensando nisso, o Sicoob Credija disponibilizou R$50 mil para os hospitais da sua área de atuação, montante que também contempla a doação de dois respiradores para os hospitais de Jacinto Machado e Praia Grande. A cooperativa também irá fornecer álcool em gel, máscaras e aventais para diversos profissionais da saúde.

Outra medida que adotamos foi o aumento do período de carência para o pagamento das operações de crédito pré-aprovado em até 90 dias. Assim como outras operações, essa modalidade de crédito pode ser contratada pelo aplicativo Sicoob. Para todos os associados que possuem operações de crédito, estamos em constante diálogo visando não o simples adiamento dos prazos de pagamento, mas também o compromisso de ambas as partes para a perenidade dos negócios.

Destacamos também que, pela segunda vez no ano, baixamos ainda mais as taxas de juros das operações de crédito e ampliamos nossa presença nos canais digitais. Outra novidade é que a partir de agora os cartões Sicoobcard terão desconto mensal na anuidade para todos que comprarem um determinado valor na função crédito, além de oferecer uma bonificação para troca de pontos no Sicoobcard Prêmios.

Com o adiamento da nossa Assembleia Geral Ordinária (AGO) por conta das recomendações de saúde e conforme prevê o estatuto da cooperativa, as sobras só serão liberadas mediante aprovação dos associados, no entanto, estamos distribuindo nas próximas semanas R$300 mil para os ganhadores da campanha Credcap. Destacamos ainda que permanecemos empenhados ao máximo e aguardando regulamentações do Banco Central do Brasil para validação dos procedimentos.

Aqui no Sicoob, a nossa prioridade sempre foram as pessoas e continuará sendo assim. O cooperativismo, mais uma vez, será essencial para vencermos esse desafio. O mundo nunca mais será o mesmo, estamos evoluindo e certamente depois de toda essa luta estaremos ainda mais fortes. Seguimos juntos, porque uma coisa é certa: você vai poder contar com a gente!

Compartilhe:

Conte com nossos canais digitais

por Sicoob Credija 0 Comentários

Neste momento de restrições por conta do coronavírus (COVID-19) aproveite para realizar suas transações online, pelo App Sicoob e Internet Banking. Fazendo isso, você resolve tudo com comodidade e ainda evita exposição a riscos.

Conheça as principais funcionalidades do aplicativo Sicoob
– Consulta de Saldo e Extrato;
– Pagamentos;
– Transferências;
– Investimentos;
– Recargas de Celular;
– Desbloqueio de Cartão e muito mais.

Compartilhe:

A Credija está pronta para te ajudar a dar a volta por cima

por Sicoob Credija 0 Comentários

Em função do COVID-19 você pode prorrogar o vencimento de suas operações de crédito.

Estamos em constante diálogo com os associados para que fiquem o mais confortável possível neste momento de tantas incertezas diante dos desafios impostos pelo coranavírus (COVID-19). Por isso, para todos que possuem operações de crédito com a cooperativa, poderão optar pela prorrogação dos vencimentos, visando não o simples adiamento do prazo, mas também o compromisso de ambas as partes para a perenidade dos negócios.

Nesse sentido, se você precisa prorrogar os vencimentos de suas operações de crédito, entre em contato com a sua agência.

Você ainda pode contar com Crédito pré-aprovado, contratando sem sair de casa direto do seu aplicativo Sicoob. Saiba mais clicando aqui.

Compartilhe: